Peça seu cartão de Credito Pré-pago

segunda-feira, 8 de maio de 2017

FORNO ACESO




Forno Aceso !!!

"Bebe a água da tua cisterna e das correntes do teu poço"...
Provérbios 5:15 

A Insatisfação com sua própria vida é sinal de insuficiência nas relações com Deus...
Quando o que temos não satisfaz, às águas do vizinho são atrativas. Buscar felicidade na sua realidade é um desafio, que muitos não querem viver...

Infelizmente alguns valorizam seu poço, quando à água acaba, ou reconhece o poder de retenção de sua cisterna, quando ela racha...

Na era da inovação, o sábio conselho é conservar e valorizar o que temos...
Ame sua família cisterna e valorize seus amigos poços.

Essas aparentemente paradas, alimentam, conservam a vida e saciam a Alma...


Pense nisso e um forte abraço

quarta-feira, 3 de maio de 2017

MUÇULMANOS JOGAM BOMBA CONTRA GRUPO CONTRÁRIO Á LEI DE IMIGRAÇÃO EM SP



Muçulmanos jogam bomba contra grupo contrário à Lei de imigração em SP

Palestinos e sírio foram presos após ato

Na noite desta terça-feira (2) diferentes grupos de brasileiros contrários à nova lei da imigração fizeram protestos em Brasília e em São Paulo. Enquanto as manifestações na capital federal ocorreram sem maiores transtornos, na Avenida Paulista houve confronto com muçulmanos.

Seis pessoas foram presas, entre elas, palestinos, após eles agredirem integrantes dos movimentos Direita São Paulo e Juntos pelo Brasil. Segundo o G1, cerca de oito pessoas ficaram feridas.

Um dos presos é o palestino Hasan Zarif, líder do movimento Palestina para Tod@s e proprietário do bar Al Janiah, no Centro de São Paulo. Ele e os demais islâmicos foram encaminhados para o 78º Distrito Policial. Dois dos homens detidos foram liberados na madrugada desta quarta-feira (3).

Há alguns vídeos nas redes sociais sobre o ocorrido. Em um deles, um amigo de Hasan alega que foi “uma armação contra eles”. Em outra gravação, há uma acusação de que o sírio preso ontem tenha jogado uma bomba caseira sobre os manifestantes. O material postado pela pagina Canal da Direita mostra claramente as explosões em plena avenida.


Para muitos, o que ocorreu ontem é um caso flagrante de terrorismo.

Um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), disse que o único dos detidos que não vai para audiência de custódia é o sírio, que é de competência da Polícia Federal.

O movimento Direita São Paulo foi atacado enquanto protestava na Avenida Paulista. O ato gritava contra a ‘islamização do Brasil” e os manifestantes seguravam faixas escritas “Aloysio Nunes [minsitro das Relações Exteriores] traidor” e pediam pela “soberania”.

Aprovada recentemente pelo Senado e aguardando sanção do presidente Michel Temer, a nova a lei da imigração, de autoria do senador Aloysio Nunes (PSDB) atual ministro das Relações Exteriores, facilita muito a entrada e permanência de estrangeiros no Brasil.

Há um temor que isso acabe atraindo radicais islâmicos que não vem tendo seus pedidos de asilo aceito por outros países.


GOVERNO BUSCA APOIO DE EVANGÉLICOS PARA REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Governo busca apoio de evangélicos para Reforma da Previdência  

Deputados influentes da bancada indicam contrariedade

Segundo o jornal O Globo, pessoas ligadas ao presidente Michel Temer têm telefonado para pastores evangélicos pedindo apoio à Reforma da Previdência.

O Planalto estaria interessado nos votos dos deputados da bancada evangélica para aprovação das medidas.

Contudo, a resposta tem sido negativa.


O deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC/SP), se disse contrário. Ao Gospel Prime, ele afirmou: “Concordo que é preciso uma reforma na previdência, mas a mudança proposta pelo governo não resolve o problema”.

Para ele, “é preciso dar exemplo. As grandes empresas, entre elas estatais, que devem bilhões a previdência, precisam liquidar suas dívidas, bem como, a reforma deve se iniciar no setor público, que consome sozinho mais da metade de toda arrecadação previdenciária do Brasil”.

O parlamentar disse ainda que não votará com o governo pois “os mais necessitados serão os mais prejudicados e isto não é justo”.

Por sua vez, o deputado federal pelo Rio de Janeiro, Sóstenes Cavalcante (DEM), que é pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, declarou: “Acho natural que o presidente faça todas as tentativas de diálogo, mas o presidente é católico e a CNBB já se posicionou contra a Reforma da Previdência com nota pública, agora ele quer apoio dos evangélicos?”


Cavalcante assevera que “um governo que seus principais protagonistas se aposentaram aos 50 anos em média, não tem condições de solicitar que os demais se aposentem acima de 60 anos. Falta exemplo”.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

VOCALISTA DO LS JACK É BATIZADO NA IGREJA LIDERADA POR KLEBER LUCAS


Vocalista do LS Jack é batizado na igreja liderada por Kleber Lucas

O cantor fez sucesso no final dos anos 1990 com sua banda de rock pop

No sábado (15) o cantor Marcus Menna, vocalista da banda LS 
Jack, se batizou na igreja Soul Church, liderada pelo pastor Kleber Lucas e sua esposa, Danielle Favatto.

A cerimônia de batismo reuniu outros novos convertidos da denominação e através do Instagram o pastor comentou o testemunho do músico que ficou em coma por dois meses em 2004 depois de passar por uma lipoaspiração.

“Em 1 de julho de 2004, Marcus Menna, vocalista da banda LS Jack, foi internado, teve uma parada cardiorrespiratória e passou pouco mais de 20 minutos com pouca oxigenação no cérebro. Passou dois meses em coma. Os médicos consideravam praticamente impossível seu retorno, visto que ele tinha grandes chances de não ouvir, não falar e nem mesmo caminhar”, relatou Kleber Lucas.

 “Mas Deus é o médico dos médicos!! O milagre aconteceu e o Marcus voltou a viver!! hoje ele faz reeducação física, com um educador físico e quiropata, aulas de canto com uma professora que é fono e também estuda piano e inglês. O Marcus foi dispensado de fisioterapia, fonoaudiologia e psicólogo”, continuou o pastor.

Kleber Lucas escreveu na legenda das fotos que ouviu uma conversa entre Marcus e seu amigo Sérgio Knust que disse ao cantor as seguintes palavras:”Deus te trouxe de volta exatamente para esse momento”.


Marcus Menna e sua banda fizeram sucesso no final dos anos 1990 colocando várias músicas no topo das mais tocadas. Entre elas “Carla”, “Talvez” e “Uma Carta”.

domingo, 30 de abril de 2017

"A IGREJA DEVE SER PREPARAR PARA O ARREBATAMENTO"


“Igreja deve se preparar para o arrebatamento”, diz filha de Billy Graham

Anne Graham Lotz alerta que cristãos deveriam ficar prontos para "sair a qualquer momento"

Anne Graham Lotz é presidente de um grupo de intercessores chamado AnGeL Ministries, mas geralmente é lembrada por ser filha do evangelista Billy Graham. Ela colabora com o ministério do pai e recentemente publicou um artigo sobre o arrebatamento.

“A Bíblia ensina que todos os seguidores de Jesus devem planejar e se preparar para uma viagem”, lembrou, “que não é apenas quando vamos para o céu após a morte, mas também pode ser algo que ocorrerá no final da história humana como a conhecemos”.

Como o pai, ela é evangelista, e constantemente prega. Recentemente vem alertando a igreja sobre os sinais do fim. No artigo, lembra que “o arrebatamento virá quando nos encontrarmos com Jesus no ar e serem reunidos com nossos entes queridos que morreram em Cristo e foram antes de nós”
Lotz acrescentou que a igreja, o corpo de Jesus na Terra, deveria se informar e estar preparada para “sair de repente, a qualquer momento”. Listando uma série de versículos, sugeriu que os cristãos deviam permanentemente “ser abundantes em amor, estabelecidos na fé, confiantes na esperança, inabaláveis ​​na santidade e firmes no serviço”.

Ela disse não ter dúvidas que “o tempo para a partida se aproxima” e que os crentes fiéis precisam “estar preparados”. Embora não arrisque precisar quando o arrebatamento irá chegar, disse que os cristãos precisam pedir a Deus que os ajude “a se preparar para estarem prontos para o arrebatamento”.

Recentemente, a evangelista advertiu que o mundo estava entrando no “último estágio”, numa “espiral descendente” que resultaria no julgamento de Deus.


“Nós perdemos a capacidade de pensar no que é certo. Deus se afastará e removerá a mão de Sua bênção e Sua mão de favor e Sua mão de proteção”, acrescentou Lotz, referindo-se ao que considera a decadência dos Estados Unidos, cujas leis como a legalização do casamento gay mostravam uma “rejeição a Deus”. Com informações Christian Post

ORFÃOS DE CRISTÃOS SÃO TORTURADOS NA COREIA DO NORTE




Órfãos de cristãos são torturados na Coreia do Norte

Regime comunista coloca presidente como um “deus”

Há órfãos norte-coreanos sendo “duramente torturados” quando se descobre que são cristãos. A denúncia está sendo feita por ativistas de direitos humanos e defensores da liberdade de culto reunidos esta semana para debater a situação na Coreia do Norte.

O encontro, promovido pela North Korean Freedom Coalition atraiu algumas dezenas de participantes para a Universidade de Georgetown, em Washington.

Outro aspecto que chama atenção são as provas apresentadas de que o governo chinês é cúmplice dessas atrocidades. Um desertor norte-coreano que falou no evento, mas não teve sua identidade revelada, contou histórias angustiantes sobre os órfãos na Coreia do Norte. Muitos deles tiveram os pais assassinados por causa da sua fé em Jesus.
Lim Hye-Jin, uma das líderes da Nova União de Mulheres da Coréia, contou como alguns desses órfãos haviam conseguido fugir com os pais para a China, mas foram mandados de volta quando seus pais morreram. Pelos menos três deles foram enviados para um campo de prisioneiros políticos, que funciona como um verdadeiro campo de concentração.

“De acordo com a lei norte-coreana, todo menor de 18 anos deveria ser protegido e não poderia ser enviado para um campo de prisioneiros políticos. Contudo, nesse caso, por que eram cristãos e frequentavam uma igreja, eles foram “torturados duramente”. Os outros órfãos vindos da China foram enviados para um campo de reeducação”, explica Lim.

Ainda segundo ele, a identificação de que eram cristãos deu-se pelos calos nos joelhos, pois passavam muitas horas nessa posição orando.

Falso deus
Suzanne Scholte, fundadora e presidente da Defense Forum Foundation, denunciou que a maioria dos organismos internacionais tem conhecimento do que acontece na Coreia do Norte, mas não toma iniciativa alguma para mudar a situação.

Um jornalista do Christian Post perguntou por que o regime norte-coreano considera o cristianismo tão ameaçador que tortura até crianças.

“O regime dos Kim estabeleceu-se com o apoio dos cristãos”, explicou Scholte. Kim Il Sung, o fundador da dinastia que se mantém no poder desde a fundação do país, tinha ao seu lado líderes cristãos que se opunham ao controle do Japão sobre a Coreia.

Entretanto, explicou ela, Kim Il Sung, avô do atual presidente, “perverteu o propósito que ajudou a declarar a independência do país e tentou se estabelecer como um deus”.


Imediatamente começou a receber a maior oposição daqueles que tinham uma fé forte. “Então, se você é cristão e acredita em Deus [e não no ditador] isso é visto uma ameaça direta ao regime”, concluiu.

COREIA DO NORTE AMEAÇA BOMBARDEAR ISRAEL



Coreia do Norte ameaça bombardear Israel

Ameaças geram especulação sobre antiga “profecia” de rabino

A Coreia do Norte ameaçou bombardear Israel e chamou os comentários do ministro de Defesa Avigdor Liberman de “precipitados e maliciosos”. O incidente diplomático ocorreu neste sábado (29) após ele ter chamado o líder coreano Kim Jong Un de “extremista e louco”.

Em um comunicado oficial do Ministério de Exterior, Pyongyang disse que Liberman desafiou a Coreia do Norte ao fazer comentários “maliciosos” contra a nação. A resposta foi: “Nossa mensagem constante é castigar sem piedade aos que ofendem a nossa dignidade. Advertimos a Israel a pensar melhor sobre as implicações de sua campanha de difamação contra nós”.

A declaração norte-coreana repreendeu Israel por sua política nuclear, e acusou o Estado judeu de abusar dos direitos dos árabes em todo o Oriente Médio, relata o jornal Times of Israel.
 “Israel é o único portador ilegal de armas nucleares que contam com o apoio dos Estados Unidos, mas Israel está atacando a Coreia do Norte por possuirmos armas nucleares”, insiste o documento, que acusa “a ocupação israelense” de cometer “crimes conta a humanidade”.

O ministro israelense havia dito que Pyongyang “parece ter cruzado a linha vermelha com seus testes nucleares”, acrescentando que o seu programa de armas nucleares é uma ameaça maior para a ordem mundial que o Irã ou qualquer grupo terrorista.

Liberman lembrou ainda que o regime norte-coreano era aliado da Síria, do Irã e do Hezbollah, inimigos declarados de Israel. Para ele, todos formam um “eixo do mal” cujo objetivo é “desestabilizar o mundo inteiro”.

Profecia do rabino
Em meio a essas ameaças, os seguidores do famoso rabino Levi Sa’adia Nachamani lembram de uma “profecia” dada por ele 22 anos atrás, quando a Coreia do Norte não era vista como um “perigo nuclear”.

Num vídeo gravado em 1994, um mês antes dele morrer, o rabino surpreendentemente advertiu que, dentre todas as ameaças a Israel, a Coréia do Norte representava o maior perigo.

“Não é a Síria, nem a Pérsia [Irã], nem a Babilônia [Iraque], ou Gadafi [Líbia]”, alerta Nachamani, citando as maiores ameaças de Israel na época. “A Coreia chegará até aqui.” Acrescentou ainda que ela seria a “ chave” para a guerra final de Gogue e Magogue.

A predição, vista por muitos com um aviso profético, do rabino era chocante por muitas razões. Ele já havia predito com precisão a Guerra dos Seis Dias em 1967 e a Guerra do Iom Kippur em 1973. Por isso, suas previsões tinham muita credibilidade.

Contudo, na década de 1990, era inconcebível imaginar as ameaças que ele via na Coreia do Norte. Em 1994 o país sequer era considerado uma ameaça real para qualquer outro país além da Coréia do Sul.

Após seu primeiro teste nuclear há dez anos, o regime norte-coreano vem aumentando suas ameaças frequentemente. Seu programa de mísseis fez com que recebesse sanções da ONU e de países vizinhos.


As  intenções agressivas da Coréia do Norte agora enfrentam uma resposta clara do presidente Donald Trump, que ameaça iniciar uma guerra. A Casa Branca já anunciou que os Estados Unidos estavam “muito perto” disso e o fato de terem enviado uma frota para a região só aumentou as especulações de um conflito.